Como Vencer o Medo em 3 Passos

A primeira coisa que você precisa saber para vencer o medo é que há dois tipos de medo.

O medo de situações reais e o medo de situações imaginárias.

Medos de situações reais exigem discernimento na ação.

Medos de situações imaginárias exigem equilíbrio para não se intoxicar com sentimentos negativos.

Mas antes de listar o passo a passo que te ajudará a se libertar do medo, vamos entender um pouco mais sobre como o seu cérebro funciona.

 

Para quê serve o Medo?

O medo é uma forma de preservação da vida.

Você pode ter medo de um leão, de uma barata, de ir ao dentista, de fazer uma entrevista, de ir ao primeiro encontro.

No empreendedorismo materno não é diferente!

Temos medo de não dar certo, de se passar por ridículo, de não dar conta do recado, e não sermos aceitas e por aí vai.

captura-de-tela-2016-10-27-as-08-03-58

 

Como o medo reage no nosso organismo?

Diante de uma situação de pressão o hipotálomo manda informações para a glandula pituitaria, que  por sua vez estimula a glandula adrenal, liberando rapidamente no nosso corpo adrenalina, noraarenalina e cortisol.

E são esses os hormônios que nos fazem reagir instintivamente.

Sabe aquelas situações nas quais você diz “Agi sem pensar”. É o seu medo inconsciente que fez com que você tomasse este tipo de atitude.

E além disso cai os níveis de serotonina e endorfina.

Os batimentos cardíacos aumentam, há um maior fluxo sanguinio para os músculo e os reflexos também aumentam.

O nosso organismo é mega inteligente e ele age assim para nos deixar em estado de alerta e nos proteger do perigo.

Há duas formas de reação: Fuga ou Ataque.

E ambas podem trazer resultados negativos se o medo não for de uma situação real.

 

Mas será que seu medo é real?

Agora você já sabe que o medo é uma forma de preservação da vida. Então para distinguir se o seu medo é real ou não, você precisa avaliar se o que você tem medo é um fato real que está ameaçando a sua vida e a sua integridade física.

A maior parte dos nossos medos são imaginários. Não são ameaças à vida ou coisas que pode nos atingir fisicamente.

Medo de falar em público, de não ser amado de ser julgado, medo de doenças, medo de receber um não, medo de lugares escuros e tantos outros.

Algumas pessoas erradamente condicionam seus cérebros para viver no looping do medo.

E diante das diversas circunstancias da vida disparam mecanismos neurais que determinam fuga ou ataque e com isso, determinam ações e reações que as fazem não conseguir alcançar os objetivos, entre diversos outros problemas na vida.

São nessas horas que nos irritamos com o chefe, com o marido e até mesmo com os filhos. São nesses momentos que nos autosabotamos e nos frustramos por ficar dando volta em círculos.

De nada adianta traçarmos as nossas metas e objetivos se diante dos desafios nós travamos por causa do medo.

O medo é o maior impedimento pelas conquistas da vida!

 

captura-de-tela-2016-10-27-as-07-04-53

Você já deixou de fazer algo por causa do medo?

A maioria das mães que me procuram não conseguem empreender por medo de impor e expor seus sonhos com a sua família, ou por medo de perder dinheiro e não dar certo, por medo de se passar por ridícula, por medo de não estar preparada para isso.

O medo nada mais é do que condição criada pelo pensamento, e a graça de tudo isso é que nosso pensamento ainda não existe no mundo físico, ou seja, podemos mudar isso!

Mas cuidado! O nosso cérebro não tem capacidade de diferenciar situações reais de situações imaginárias.

Isso significa que quanto mais você fortalecer a imagem do medo na sua cabeça, mais chances você tem de que aquilo aconteça.

Quando você deseja fazer algo, mas vibra o medo de não conseguir, de se expor, de parecer ridículo, de ser maltratado e criticado, de estar errado ou de não ser bom o suficiente, você está dando ao seu cérebro a percepção de que não ira conseguir.

E ele segue o seu comando, ou seja você realmente não vai conseguir. Isso gera o ciclo vicioso de perda de oportunidades e conquistas criado pelo seu medo.

Como se livrar do Medo em 3 Passos

Vamos então para as dicas práticas de como enfrentar o medo:

  1. Observe se o seu medo é uma situação real ou imaginária

    Por exemplo, você está na frente de um leão ou está somente imaginando o leão?

    Se a situação não é real, observe quais são as chances de isso acontecer e pergunte-se qual é a ação mais correta diante desta situação, ao invés de ficar vibrando o medo.

    Lembre-se:

    Medos de situações reais exigem discernimento na ação.

    Medos de situações imaginárias exigem equilíbrio.

  2. Concentre-se nas possibilidades positivas

    Normalmente quando estamos com medo bombardeamos o nosso cérebro com informações do não queremos que aconteça.

    A persistência nesses pensamentos fortalece as sinapses neurais.

    Quanto mais nos fixarmos neste pensamento, mais conexões neurais serão criadas.

    Há algumas perguntas poderosas que você pode fazer para você mesma  que vão te ajudar a sair do ciclo do medo:

    Você tem absoluta certeza de que isso não vai dar certo?

    Já deu certo para alguém?

    Como seria se desse certo?

    Estas perguntas de ajudarão a sair da vibração do medo e buscar alternativas mais positivas.

  3. Volte para o momento presente

    Normalmente quando estamos experimentando o medo é porque nos desconectamos do nosso momento presente e estamos olhando para o passado ou para o futuro.

Toda vez que a gente se desconecta do presente o nosso corpo nos dá um sinal

Qualquer sensação de culpa, stress, desconforto, raiva, tristeza, ansiedade, é um alarme do seu corpo de que você não está no momento presente.

Ao perceber este alarme, volte para o seu pensamento e observe o que está se passando em sua mente.

Normalmente você estará pensando em algo que já aconteceu e que você tem saudade ou que você não quer que se repita, ou você pode estar pensando no futuro, ou até mesmo pensando em alguém que não agiu da maneira que você gostaria.

Lembre-se que você não tem como controlar o passado e nem o futuro e nem mesmo controlar outra pessoa.

Algumas técnicas simples vão te ajudar a voltar para o momento presente e se sentir melhor com você mesma:

  • Respire fundo e lentamente por pelo menos 4 vezes.
  • Observe e descreva o que está acontecendo ao seu redor e com você naquele instante.
  • Repita frases positivas e de gratidão a seu respeito.

mulher-com-medo-de-ser-enganada

Por fim, lembre-se que decisões precisam ser tomadas o tempo todo. Transforme seus medos em cautela e a cautela em sabedoria para agir.

Tenha coragem de seguir o seu coração e transforme a sua vida no sonho de vida que você merece ter.

O que você é hoje é resultado das crenças que você carrega. Sejam elas positivas ou negativas.

Observe se você está feliz com a pessoa que tem sido e o que você precisa fazer para ser a sua melhor versão.

E como diz Henry Ford, “Se você pode ou se você não pode, de qualquer forma, você está certa!”

 

Agora eu quero saber de você!

Do que você tem medo? O que te impede de seguir a vida dos seus sonhos?

 

Com carinho,

Vanessa Ribeiro 🙂

 

 

 

No Comments

Leave a Comment