Como escolher uma boa escola para o seu filho?


Quando trabalhamos em casa podemos acompanhar de perto os primeiros anos da vida dos nossos filhos e temos o privilegio de retardar o momento da separação.

Mas independentemente da idade na qual decidimos coloca-los na escola, para muitas mães deixar o filho na escola pode ser uma tarefa bem difícil.

Realmente é um momento de grande transformação para você e para o seu pequeno que está crescendo e aprendendo a ser mais independente dia após dia.

Na fase escolar as crianças e os bebês vivem muitas transformações: novos amigos, novas experiências que contribuirão para a formação do ser humano, novas referências afetivas…

Não faltam motivos para que essa escolha seja tão importante gere algumas dúvidas e dores de cabeça.

 

Dicas para escolher a escola do seu filho

 

  • Liste suas prioridades: É muito importante que a escola respeite seus valores e correspondam suas expectativas. Casa e escola devem ser parceiras no desenvolvimento saudável do seu filho. Faça uma lista com as prioridades valorizando sempre seus ideais de vida. Opte por uma escola que tenha a ver com sua família, dessa forma você ficará muito mais tranquila e seu filho não sofrerá nenhum conflito educacional.

 

  • Não tenha pressa: Pesquisar é muito importe. Não hesite em ligar, agendar visitar, conversar. Só tome a decisão se estiver confiante com a sua escolha. As crianças percebem muito facilmente nossas emoções. Por isso levar seu filho todos os dias para uma escola que você não confia só trará mal estar para você e principalmente para seu filho.

 

  • Indicações são sempre bem vindas: Conversar com outras mães é muito importante. Elas poderão identificar aspectos positivos e negativos da escola pesquisada. Tire dúvidas sobre alimentação, projeto educacional, acolhimento, suporte à família, espaço físico, quantidade de professores por aluno, limpeza e atividades extracurriculares. Tire todas as suas dúvidas, porque elas ajudarão a confirmar ou apagar suas primeiras impressões, facilitando a tomada de decisão.

 

  • Valores para a vida. Muito além de ter um plano pedagógico bem elaborado, uma escola deve transmitir valores para uma criança. Como a escola procede em caso de bulling? E quanto às crianças religiosas, negras ou com alguma deficiência? São abraçadas e amparadas pela escola ou descriminadas? Observe como é importante encontrar uma escola que transmita bons valores para seu filho, afinal de contas ele passará muito tempo ou quem sabe muitos anos no mesmo ambiente recebendo informações distorcidas sobre ele ou sobre a vida em sociedade.

 

  • Alie Preço e Qualidade. Colocar seu filho numa escolinha particular pode custar tão caro quanto mantê-lo na faculdade! E nem sempre isso é sinônimo de qualidade no ensino. Por isso não deixe de incluir na sua lista as escolas públicas. Algumas são tão boas ou até melhores que as particulares.

 

  • Datas Comemorativas. Algumas escolas estão excluindo do seu calendário o Dia dos Pais e das Mães, por exemplo. Se for importante para você, opte por uma escola que mantenha a tradição e comemore essas datas especiais. Tire suas dúvidas também sobre comemorações internas, festas típicas e cobranças extras mensalidades.

 

  • Respeite a opinião do seu filho: Caso seu filho seja maior é importante leva-lo nas escolas “finalistas” para que ele também tenha suas impressões. Observar seu comportamento, ambientação com o lugar e aquele brilho nos olhos infalíveis farão seu coração sossegar e ficar muito mais confiante.

A decisão é difícil, mas se for planejada será bem sucedida. Não tenha pressa, porque crianças com até cinco anos são muito dependentes física e emocionalmente dos adultos, por isso criam vínculos mais fortes e mudar de escola pode gerar alguns traumas.      Tenha paciência e respeite o tempo do seu filho. As primeiras semanas costumam ser mais delicadas e a presença de um dos pais ou um adulto de referência ajuda a superar o estranhamento.

Espero que essas dicas tornem esse momento mais tranquilo e que você faça uma ótima escolha.

 

Boa sorte

Um super beijo e até breve.

 

Susan Maia

 

 

 

 

 

No Comments

Leave a Comment